Prefeitura Municipal busca imunizar cerca de 3 mil jovens contra o sarampo em Pereira Barreto na segunda etapa da campanha

Compartilhe:

A vacina é a principal forma de prevenir a doença e todas as UBS de Pereira Barreto estão aplicando as doses da vacina contra o sarampo até o dia 30 de Novembro.

Começou nesta terça-feira (19) na Estância Turística de Pereira Barreto a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo. A vacina ainda protege contra rubéola e caxumba. O foco desta vez são os adultos jovens entre 20 a 29 anos, faixa etária que acumula o maior número de casos confirmados de sarampo em todo país, de acordo com o último boletim epidemiológico. São mais de 9 milhões de jovens adultos não vacinados contra a doença ou com o esquema vacinal incompleto, que deve ser com duas doses da vacina.

A campanha em Pereira Barreto ocorre até o dia 30 de Novembro, sábado, dia que será realizado o Dia D da campanha nas Unidades Básicas de Saúde do município, das 8h às 16h. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde de Pereira Barreto, cerca de 3.900 jovens ainda não se vacinaram, nesta faixa etária de 20 a 29 anos de idade. A Prefeitura Municipal ressalta que as pessoas devem comparecer as UBS para realizara a avaliação da carteirinha de vacinação, mesmo que tenha uma dose já aplicada.

A Secretária Municipal de Saúde ressalta que o foco entre crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade continua , e que os pais devem levar as crianças dentro da faixa etária para receber a vacina.

No Brasil, em 2019, foram registrados 36.939 casos suspeitos de sarampo, 5.660 confirmados 90,5% somente  no estado de São Paulo, 12.545 descartados e 18.734 estão em investigação. Em Pereira Barreto nenhum caso foi registrado até o momento.

Quem deve tomar a vacina contra o sarampo?

• Quem ainda não tomou as duas doses da vacina na infância e na adolescência

• Quem não tem certeza se já tomou as duas doses deve tomar uma dose extra

Para quem a vacina é contraindicada?

As pessoas que se encaixem em um dos perfis abaixo devem consultar seu médico antes de tomar a vacina:

• Gestantes

• Pessoas com baixa imunidade ou gripadas

• Pacientes em tratamento contra o câncer

• Pacientes portadores de doenças que derrubam o sistema imunológico, como a AIDS,

doença altamente contagiosa

• O sarampo é uma doença altamente contagiosa que pode evoluir para complicações e levar à morte;

• Os principais sintomas são febre, manchas avermelhadas na pele do rosto e tosse persistente;

• A prevenção da doença é feita por meio da vacinação, e os especialistas reforçam que não há relação entre a vacina e o autismo.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *