Etapa Municipal da Conferência Nacional de Saúde foi realizada em Pereira Barreto

Compartilhe:

Evento reuniu importantes discussões sobre as reais demandas da população em relação à Saúde.

A Prefeitura da Estância Turística de Pereira Barreto, através da Secretaria Municipal de Saúde e do Conselho Municipal de Saúde, realizou na Casa da Cultura “Maestro Aristeu Custódio Moreira”, a Etapa Municipal da Conferencia Nacional de Saúde. O evento reuniu representantes dos trabalhadores, gestores e usuários da saúde e teve como principal objetivo garantir a ampla participação popular, a fim de pautar as reais demandas e coletar sugestões para a discussão a nível nacional.

A etapa teve início com uma dissertação sobre o tema da Conferência Nacional de Saúde, que é “Democracia e Saúde”. Ao todo, foram discutidos três eixos temáticos: “Saúde como Direito”, “Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS)” e “Financiamento adequado e suficiente para o SUS”.

A mesa solene do evento foi formada pela Secretária Municipal da Saúde, Márcia Mitiko Anami Yamamoto, Juliana Akemi Asano Catão, que é Coordenadora da Comissão de Organização da Etapa Municipal, pela Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Elaine Greves Giovanini de Araújo – Presidente do Conselho e pelo vereador Antonio Dias Pereira.

Os participantes do evento foram divididos em três grupos, cada um tratando dos temas dos eixos propostos. Foram elencadas cinco propostas por cada grupo para serem votadas e encaminhadas para a Etapa Regional da Conferência Nacional de Saúde. Também foram eleitos seis delegados para a participação da Etapa Regional da Conferência Nacional.

Dentre as treze propostas aprovadas, algumas se destacaram como a garantia do cumprimento da lei no prazo de atendimento legal para pessoas com câncer ampliando o serviço para o tratamento; definir e cumprir em nível de constituição (Estadual e Federal) quais são as responsabilidades específicas dos entes federados no SUS, conforme suas capacidades, quanto às medicações, cirurgias e procedimentos, inteirando o Poder Judiciário da situação; criação de um convênio com hospitais de Alta Complexidade para tratamento odontológico de pacientes especiais com necessidade de intervenção hospitalar e ampliação do atendimento especializado oftalmológico ao adulto e criação de um centro regional de atendimento especializado oftalmológico infantil.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *