Representantes de Pereira Barreto participaram de capacitação da CONAB

Compartilhe:

Encontro foi realizado em São Paulo e tratou sobre o Programa de Aquisição de Alimentos.

A CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento), por meio da Superintendência Regional de São Paulo, realizou neste mês, na cidade de São Paulo, uma capacitação voltada aos fornecedores na modalidade de Compra com Doação Simultânea, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA CDS), executado pela CONAB em parceira com a Prefeitura da Estância Turística de Pereira Barreto. O programa ajuda os agricultores a comercializarem seus produtos e ainda beneficia pessoas em situação de insegurança alimentar, com a doação desses alimentos.

Participaram dessa capacitação, o Diretor Municipal de Agricultura, Alcides Bortolucci Junior, o representante do Assentamento Terra e Vida, Luciano dos Santos Silva, a representante do Assentamento Frei Pedro, Juceli Martins de Oliveira Manoel, o representante do Assentamento Olga Benario, Paulo Soares de Oliveira, o representante do Assentamento Fazenda Esmeralda, Genivaldo Macena da Silva e representante do Assentamento Eldorado dos Carajás, Jeto Luiz da Silva Pereira.

Durante o treinamento, técnicos da Conab passaram informações com foco nas responsabilidades e obrigações dos participantes. Foram discutidas as regras e repassadas as instruções quanto aos procedimentos para a prestação de contas das entregas realizadas, mensalmente, pelos agricultores. O objetivo é minimizar possíveis falhas e promover o bom andamento na execução do programa no que se refere aos fornecedores, responsáveis pelo recebimento dos produtos, além das entidades consumidoras e demais envolvidos na ação.

O programa, operacionalizado pela Companhia, oferece aos pequenos agricultores vinculados a associações ou cooperativas a garantia de compra de sua produção, gerando renda e inclusão social no meio rural. Na modalidade de compra com doação simultânea, os alimentos adquiridos são destinados a pessoas em situação de insegurança alimentar atendidas não só pela rede socioassistencial, mas também pela rede pública de ensino e saúde, e pelos equipamentos de alimentação, nutrição e segurança pública.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *