Visitadores do Programa Criança Feliz estão confeccionando materiais para serem utilizados pós-pandemia

Compartilhe:

Programa atende diversas crianças de vários bairros de Pereira Barreto.

Os visitadores sociais do Programa Criança Feliz da Estância Turística de Pereira Barreto estão confeccionando vários materiais para serem utilizados nos atendimentos presenciais do projeto quando a pandemia do Covid-19, o novo corovírus, passar. Enquanto isso, o trabalho remoto, por ligações e mensagens continua sendo realizado pelos visitadores.

O Programa Criança Feliz está atendendo os seguintes bairros: Colinas do Tietê, Apolinário Pires, COHAB, Antônio Gomes, Jardim Urubupungá, Jardim Paraíso, Jardim Mercedes, Jardim São Francisco, Jardim Aeroporto, Amanda Trentin, Jardim Oitis, Vila Nova, Kogenta Shimizu e

Jardim Imperatriz.

Maiores informações sobre o Programa Criança Feliz, entre em contato pelo telefone (18) 3704-3110 ou pelo WhatsApp (18) 99725-8457.

O Programa Criança Feliz foi instituído por meio do Decreto nº 8.869, de 5 de outubro de 2016, e alterado pelo Decreto nº 9.579, de 22 de novembro de 2018, de caráter intersetorial e com a finalidade de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida.

O Programa Criança Feliz tem como objetivos:

– Promover o desenvolvimento humano a partir do apoio e do acompanhamento do desenvolvimento infantil integral na primeira infância;

– Apoiar a gestante e a família na preparação para o nascimento e nos cuidados perinatais;

– Colaborar no exercício da parentalidade, fortalecendo os vínculos e o papel das famílias para o desempenho da função de cuidado, proteção e educação de crianças na faixa etária de até seis anos de idade;

– Mediar o acesso da gestante, das crianças na primeira infância e das suas famílias às políticas e serviços públicos de que necessitem;

– Integrar, ampliar e fortalecer ações de políticas públicas voltadas para as gestantes, crianças na primeira infância e suas famílias.

O Criança Feliz tem como público prioritário:

– gestantes, crianças de até 3 (três) anos e suas famílias inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CADÚnico;

– crianças de até 6 (seis) anos e suas famílias beneficiárias do BPC – Benefício de Prestação Continuada;

– crianças de até 6 (seis) anos afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida protetiva prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente.

A principal ação do Programa Criança Feliz é a realização de visitas domiciliares. As visitas são ações desenvolvidas pelos visitadores na residência da família incluída no programa. Elas representam uma estratégia de aproximação dos serviços com a família atendida e, por isso, favorecem um reconhecimento mais preciso das características, potencialidades e necessidades de cada contexto, resultando em propostas de intervenção singulares, pertinentes a cada realidade. Por conta da pandemia, as visitas domiciliares estão suspensas, e os atendimentos estão sendo realizados de maneira remota, por meio de ligações e mensagens.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *