População pode se vacinar contra a gripe em Pereira Barreto

Compartilhe:

O Ministério da Saúde liberou a vacinação para todos

A partir desta segunda-feira (3), toda população poderá ser vacinada contra a gripe. O Ministério da Saúde quer vacinar 59,5 milhões de brasileiros, por isso está ampliando a vacinação a todos com início neste dia 3 e término no dia 14 de junho, utilizando as doses remanescentes.

Em Pereira Barreto a vacinação continua a ser realizada nas Unidades Básicas de Saúde, embora a vacinação esteja liberada a todos, os profissionais da Saúde ainda estão em busca de vacinar pessoas do grupo prioritário, que não puderam ser vacinadas anteriormente. Deste grupo, os professores, os trabalhadores da Saúde, os puérperas e pessoas com comorbidades, atingiram a meta que de 90%, segundo a estimativa do Ministério da Saúde. Já os idosos, crianças e gestantes, ainda estão em um quadro de faltosos. No levantamento geral da população vacinada, Pereira Barreto tem 88,67%, faltando pouco para atingir a meta.

Em uma prévia feita no último dia 30 pela Vigilância Epidemiológica, foram apontados os seguintes dados:

Crianças de seis meses a menores de seis anos, receberam a vacina um total de 1.198 faltando 445 crianças; idosos foram vacinados 3.264 faltando 430 a serem vacinados; gestantes, foram vacinadas 152 faltando 61.

A baixa adesão na vacinação de crianças e gestantes tem preocupado as autoridades do município que tem intensificado as ações para tentar atrair esse público. Os Agentes Comunitários de Saúde têm orientado as famílias para a importância de se tomar a vacina, e nas escolas, os alunos receberam bilhetes informativos em busca de que a informação pudesse chegar diretamente aos pais ou responsáveis.

Segundo a Enfermeira da Vigilância Epidemiológica do município, Luciana Barros, as UBSs já receberam as vacinas liberadas pelo Estado, para atender o público alvo da campanha, a preocupação é que como o Estado enviou material para os grupos prioritários e também para a segunda dose dos primo-vacinados que são as crianças que recebem uma dose menor e precisam receber a segunda aplicação como um reforço, esse estoque pode acabar a qualquer momento. Ainda segundo Luciana, a liberação de vacina agora será realizada pelo Estado aos municípios, e que de acordo com o e-mail do DRS II e GVE XI Araçatuba não existe previsão para reposição.

Vale ressaltar que vacina protege contra a gripe comum e gripe suína (H1N1).

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *