Audição de encerramento do semestre do Projeto Guri foi realizada nesta segunda-feira

Compartilhe:

Evento foi realizada na Casa da Cultura “Maestro Aristeu Custódio Moreira” e contou com diversas apresentações.

A Prefeitura da Estância Turística de Pereira Barreto realizou na noite desta segunda-feira (25), a tradicional audição para celebrar o encerramento do semestre do Projeto Guri, que agora é mantido pelo Sustenidos Organização Social de Cultura. O evento foi realizado na Casa da Cultura “Maestro Aristeu Custódio Moreira” e contou com apresentações dos alunos que integram o projeto em Pereira Barreto.

Os alunos executaram peças solo e coletivas de violão, bateria e de percussão, que passaram por grandes clássicos de música nacional e internacional a grandes sucessos da atualidade.

Sustenidos é o novo nome da Associação Amigos do Projeto Guri, uma Organização Social de Cultura, sem fins lucrativos, que gere o Projeto Guri no interior e litoral do estado de São Paulo, além de polos de ensino em centros de internação da Fundação CASA. Ao longo de sua trajetória, já atendeu a mais de 770 mil crianças e jovens, oferecendo mais de 30 cursos gratuitos de música. Agora, com o intuito de expandir a sua atuação e reforçar a sua identidade, a entidade muda de nome.

Mantido pelo Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, desde 1995, nos períodos de contra-turno escolar, cursos de iniciação musical, canto coral, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopro, teclado e percussão, entre outros.

O Projeto Guri é uma organização social que tem como missão promover a inclusão sociocultural de crianças e adolescentes por meio do ensino musical. Com essa proximidade com a música o projeto faz com que as crianças e adolescentes se afastem cada vez mais das ruas e do ócio durante a parte do dia, impedindo que fiquem disponíveis para a prática da criminalidade. Aprender a tocar um instrumento estimula a superação de desafios para os participantes do projeto, a prática impulsiona pressões criativas que unem o corpo e a mente, promovendo o relacionamento social, por meio de atividades em grupo e na comunidade.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *