CMDCA realizou reunião com os candidatos ao Conselho Tutelar

Compartilhe:

Eleição do novo Conselho Tutelar será realizada no dia 6 de Outubro e campanha já estará aberta nesta sexta-feira.

O Conselho Municipal da Criança e do Adolescente da Estância Turística de Pereira Barreto, através da Comissão Eleitoral Especial, realizou junto aos candidatos habilitados a 3ª Etapa do Processo de escolha para conselheiros tutelares para a reunião de orientação. A reunião foi realizada nesta segunda-feira (19),pela tarde, na Secretaria Municipal de Assistência Social.

Na ocasião, também foi realizada a sessão de fotos com os candidatos para confecção do material de divulgação da campanha. Na reunião, foram passadas as orientações sobre as formas de divulgação da campanha, as vedações e o funcionamento do processo de eleição.

Conforme o cronograma de procedimentos do Processo de Escolha dos Conselheiros Tutelares, o período de divulgação dos candidatos e início da campanha eleitoral, será de 23 de Agosto até às 18h do dia 5 de Outubro. O pleito eleitoral acontecerá no dia 6 de Outubro, em horário e local que serão divulgados posteriormente.

Confira a relação dos candidatos habilitados para a Eleição do Conselho Tutelar:

– Ariane dos Passos do Nascimento Santana

– Eduardo Canevari Júnior

– Fernanda Mayumi Suguiura

– Gisele Peixoto Ribeiro Antonelo

– Jair Renan Alves de Almeida Batista

– Janaina Fernandes Leite Dos Santos

– Osvaldo Vilas Boas Da Silveira

– Valéria dos Santos Felipe

– Vilma de Souza Lima

– Zélia Lúcia de Souza Ferreira Ribeiro

O Conselho Tutelar é um órgão responsável por zelar e fazer cumprir os direitos das crianças e dos adolescentes segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente. Ele é importante, pois, em situações de vulnerabilidade pessoal e social das crianças e adolescentes, como abandono, negligência, exploração, violência, crueldade e discriminação, é ele que a sociedade aciona para proteger as crianças.

Ser Conselheiro Tutelar é uma grande responsabilidade, por isso a necessidades de alguns requisitos básicos foi inserido neste ano para a atividade, sendo eles: a exigência da comprovação da experiência na área da criança e adolescente, ter nível superior e passar pela prova.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *