Prefeito Joãozinho renova convênio com o Hospital do Amor de Barretos

Publicado: Segunda, 18 Junho 2018 14:47 Escrito por Assessoria de Comunicação

 

Parceria visa a prevenção do câncer do colo uterino.

 

 O Prefeito da Estância Turística de Pereira Barreto, Joãozinho, acompanhado da Secretária Municipal de Saúde, Márcia Yamamoto, e da enfermeira Vanessa Aparecida da Silva Rosa, estiveram em Barretos na última semana, para a assinatura de renovação do contrato de parceria sobre a prevenção do câncer do colo uterino entre o município de Pereira Barreto e o Hospital do Amor de Barretos.

 

O programa visa à agilidade no processo de prevenção, dessa forma à coleta do exame preventivo do câncer do colo do útero (Papanicolau) é encaminhado diretamente para a avaliação no HC, o que garante a confiabilidade dos resultados. Sendo comprovada qualquer irregularidade nos resultados dos exames, o departamento do HC de Barretos já agenda a data e horário para a paciente receber um novo atendimento e fazer os exames comprobatórios.

 

Se a doença for comprovada neste segundo exame, a paciente passa a receber todo o tratamento necessário através do Hospital do Amor de Barretos, tudo de forma gratuita e sem custos para o município. O programa atende mais de 100 municípios do Brasil entre eles Pereira Barreto foi beneficiado.

 

O colo do útero é a porção inferior do órgão, localizando-se no fundo da vagina. A doença ainda mata muitas mulheres no Brasil e é o segundo de maior incidência no país. Mas ele pode ser prevenido. O câncer de colo de útero está ligado ao vírus do HPV (Papilomavírus Humano) e pode ser diagnosticado com um simples exame de Papanicolau, mesmo sem ter nenhum sintoma aparente.

 

Pereira Barreto apresenta baixa adesão ao convênio, o que pode levar a perda do convênio, considerando que no ano de 2017 a meta era 2700 coletas e foram coletados somente 1500 preventivos. O programa visa a agilidade no processo de prevenção. Desta forma, a coleta do exame preventivo do câncer do colo do útero (Papanicolau) é encaminhada diretamente para a avaliação no HC, o que garante a confiabilidade dos resultados.

 

Conforme o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de colo de útero é o segundo tumor mais frequente entre as mulheres, perdendo apenas para o câncer de mama. Ao contrário do que se acredita, a endometriose e a genética não possuem relação com o surgimento desse câncer. Mas o Câncer de Colo de Útero, caso não tratado, pode evoluir para uma doença mais severa, o Carcinoma invasor do colo uterino (tumor maligno). Afeta em sua maioria mulheres entre 40 e 60 anos de idade.

 

O câncer do colo do útero, também chamado de cervical, é causado pela infecção persistente por alguns tipos (chamados oncogênicos) do Papilomavírus Humano -  HPV. A infecção genital por este vírus é muito frequente e não causa doença na maioria das vezes. Entretanto, em alguns casos, podem ocorrer alterações celulares que poderão evoluir para o câncer, Estas alterações das células são descobertas facilmente no exame preventivo (conhecido também como Papanicolaou), e são curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso é importante a  realização periódica deste exame.

 

É o terceiro tumor mais frequente na população feminina, atrás do câncer de mama e do colorretal, e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Prova de que o país avançou na sua capacidade de realizar diagnóstico precoce é que na década de 1990, 70% dos casos diagnosticados eram da doença invasiva. Ou seja: o estágio mais agressivo da doença. Atualmente 44% dos casos são de lesão precursora do câncer, chamada in situ. Esse tipo de lesão é localizada. 

 

O câncer de colo de útero, também conhecido por câncer cervical, é uma doença de evolução lenta que acomete, sobretudo, mulheres acima dos 25 anos. O principal agente da enfermidade é papilomavírus humano (HPV), que pode infectar também os homens e estar associado ao surgimento do câncer de pênis.

 

Normalmente não existem primeiros sintomas do câncer de colo do útero, sendo que a maioria dos casos é identificado durante o exame de papanicolau ou apenas nas fases de câncer mais avançado. Assim, além de se saber quais os sintomas do câncer de colo do útero, o mais importante é fazer frequentemente consultas no ginecologista para realizar o papanicolau e iniciar o tratamento precoce, caso seja indicado.

 

Porém, quando provoca sintomas, o câncer de colo do útero pode causar sinais como:

 

- Sangramento vaginal sem causa aparente e fora da menstruação;

- Corrimento vaginal alterado, com mau cheiro ou coloração marrom, por exemplo;

- Dor abdominal ou pélvica constante, que pode piorar ao usar o banheiro ou durante o contato íntimo;

- Sensação de pressão no fundo da barriga;

- Vontade de urinar mais frequente, mesmo durante a noite;

- Perda rápida de peso sem estar fazendo dieta.

 

Já nos casos mais grave, em que a mulher apresenta um câncer de colo de útero avançado os sintomas podem ainda surgir outros sintomas como cansaço excessivo, dor e inchaço nas pernas, assim como perdas involuntárias de urina ou de fezes.

 

Horário de atendimento ao público: De Segunda à sexta-feira das 13h às 17h

Horário de funcionamento: De Segunda à sexta-feira das 07h30 às 11h30 e das 13h às 17h

Telefone da Prefeitura de Pereira Barreto
+55 (18) 3704 8500
Endereço Prefeitura de Pereira Barreto
Av: Jonas Alves de Mello 1947
Cep 15370-000 Pereira Barreto (SP)
CNPJ 44.446.904/0001-10
© 2013 - 2018 Prefeitura da Estância Turística de Pereira Barreto
Site desenvolvido pela equipe do Setor de Tecnologia da Informação da Prefeitura Municipal
informatica@pereirabarreto.sp.gov.br